Select Page

As opções de residências para europeus e familiares no Reino Unido – por Simone Pereira.

IMIGRAÇÃO BRITÂNICA

Fique por dentro das novidades e mudanças sobre Imigração no Reino Unido

As opções de residências para europeus e familiares no Reino Unido – por Simone Pereira.

As conversas sobre o Brexit parecem nunca chegarem a uma conclusão, interminaveis negociações, e quem sofre com isso são os imigrantes europeus e seus familiares, que ficam sem saber o que acontecerá depois que o Brexit for finalizado.

De acordo com o site Times Higher Education o número de estudantes europeus nas universidades britânicas caiu 7% desde o Brexit. Também ocorreu uma queda de 90% no número de enfermeiras europeias no Reino Unido, segundo matéria publicada no dia 25 de janeiro no The Telegraph. Dentro da novela Brexit houve crescimento do número de europeus no Reino Unido. “O Escritorio Nacional de Estatisticas (ONS) anunciou que aumentou imigrantes do leste europeu empregados no Reino Unido, de 49.000 entre julho e setembro para 1.077,000“. Consequentemente, este aumento e a preocupação com a incerteza do direito de ficar no país as solicitações de europeus no Home Office naturalmente aumentaram. De acordo com o Financial Times, o Home Office esta testando um sistema online para dar conta das solicitações de residencia dos europeus no Reino Unido, porém este sistema ainda está finalizado e oficializado.  
Por enquanto, a realidade é, que embora não seja obrigatória, o europeu e seu familiar tem a seguinte caminho para provar a sua residencia no Reino Unido. 

EEA Family Permit

Solitação do familiar do europeu que ainda não deixou o seu país de origem ou de residência. O EEA Family Permit deve ser solicitado antes de viajar para o Reino Unido e geralmente a validade é de seis meses. As vantagens é que fica mais fácil para provar o direito de utilizar os serviços públicos no país e fazer solicitações como o National Insurance Number e o registro no médico e procurar trabalho. 

Registration Certificate

Processo para o europeu que exerce o tratado de Roma no país, a maioria dos europeus solicita por evidencias de trabalho. Não é obrigatório, mas é o primeiro e único registro disponível para o europeu que esta pouco tempo no país.

Residence Card

Confirmação do familiar do europeu de morar no país enquanto continuar os laços familiares. Ou seja, embora venha com data para cinco anos, somente é valido se ainda for familiar do europeu e o mesmo exerce os Tratados de Roma.
Para os europeus e familiares que vivem no país por pelo menos cinco anos consecutivos, provavelmente podem fazer a solicitação da residência permanente. Com a demanda de processos de residência permanente, o Home Office está cada vez mais exigente em relação a documentação, por isso, na dúvida, contate um profissional qualificado e experiente para fazer o processo. 

Simone Pereira
Consultora de imigração – 121 Law Associates
P.S. As leis de imigração mudam com freqüência, portanto, é importante se atualizar por meio de profissionais qualificados e ou órgãos oficiais do governo britânico.

Post Layout – Guilherme Matos / Thony J S Dias

PRECISA DE AJUDA COM SEU PROCESSO DE IMIGRAÇÃO? 

ENTRE EM CONTATO CONOSCO PARA DESCOBRIR COMO PODEMOS LHE AJUDAR COM SEU PROCESSO.

1 + 3 =

NOSSOS SERVIÇOS

[maxbutton id="31"]   [maxbutton id="24"]    [maxbutton id="25"]    [maxbutton id="26"]    [maxbutton id="33"]   [maxbutton id="34"]    [maxbutton id="27"]   [maxbutton id="28"]   [maxbutton id="29"]   [maxbutton id="32"]   [maxbutton id="30"]

LEIA TAMBÉM